Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
mc´kaizer
Moderador
Moderador
Masculino
Número de Mensagens : 1642
Idade : 29
Localização : Mundo
Reputação : 14
Data de inscrição : 25/01/2009

Kendrick Lamar – Good Kid M.A.A.D City – Descrição da Narrativa

em Seg Out 29, 2012 8:56 am


Kendrick Lamar – Good Kid M.A.A.D City – Descrição da Narrativa presente no álbum por João Moura

Um dos álbuns mais esperados do ano de 2012, um dos melhores álbuns de 2012, um álbum que coloca Lamar finalmente noutro nível e com outras responsabilidades.

Para começar:
Good Kid M.A.A.D City – em que M.A.A.D significa:

“My Angry Adolescent Divided”


“My Angel’s on Angel Dust”

1 – Sherane A.K.A. Master Splinters Daughter
No inicio desta narrativa Kendrick conta como conheceu Sherane, numa festa em que trocaram de números e assim mantiveram contacto durante todo o verão e foram-se conhecendo melhor. Enquanto leva Sherane a casa este vai pensando em momentos mais privados que poderia ter com ela até que quando chega a casa dela se depara com 2 sujeitos vestidos com 2 hoodies pretos(?).
Neste momento a mãe liga-lhe e recebe uma mensagem de voicemail preocupada com o facto de este ainda nao estar em casa e lhe ter levado o carro. Mostra principalmente preocupação com o facto de este eventualmente ter saido com sherane.

2 – Bitch, Dant Kill My Vibe
Esta música não se insere na narrativa mas relata o facto de Kendrick estar a crescer no movimento e na música e que muita gente a sua volta está a mudar talvez de modo a conseguir ter fama como este. Quero também aqui destacar o facto de este referir que apesar de tudo está a tentar manter-se real a ele na mesma mantendo assim a credibilidade à medida que vai ficando mais conhecido.
No skit final desta música chegam os amigos de Kendrick num carro com beats em CD’s para este fazer freestyle (uma preparação para a música seguinte).

3 – Backseat Freestyle
K Dot era o nome que Kendrick usava quando era mais novo como MC. É neste papel que vai no banco detrás a fazer freestyles durante a viagem. Fundamentalmente é disto que se trata na perspectiva da narrativa.

4 – The Art of Peer Pressure
Aqui Lamar fala acerca do facto de quando está com os amigos sofre algo como uma pressão que o faz fazer coisas que habitualmente não faz, como fumar, beber ou mesmo actos de violência. Algo que quando não esta com eles não se identifica. O último verso fala de um assalto que este grupo fez a uma casa que sondava acerca de 2 meses ao qual quase são apanhados pela policia mas conseguem fugir.
No skit desta música há referências a música do primeiro álbum de Young Jeezy “Trap or Die” e o grupo fala em deixar Kendrick em casa para este ir buscar a carrinha da mãe e ir ter com Sherane.

5 – Money Trees
É uma espécie de resumo das músicas anteriores em que Lamar faz referências aos acontecimentos anteriores. É ainda possivel ouvir linhas que referem possiveis acontecimentos futuros no álbum (refrão).
No final desta música há um skit em que a mãe lhe pede quase como que desesperadamente para este trazer o carro de volta para casa.

6 -Poetic Justice
Nesta música retoma-se a narrativa quando Kendrick chega a casa depois de ter estado com os amigos para irem ter com Sherane enquanto pensa na no estado da sua relação com ela. No skit desta música parece voltarmos ao fim do primeiro tema do álbum quando Kendrick esta a deixar Sherane em casa e é abordado por dois sujeitos. Os individuos perguntam-lhe quem é e quem são os seus familiares forçando-o a sair do carro.

7 – Good Kid
Kendrick fala do facto de ter sido alvo de violência e ter sorte em ainda estar vivo. Fala ainda também de aspectos negativos nos gangs como por exemplo o que acontece na música “Art of Peer Pressure”. É interessante ouvir e falar dos gangs “Blue” e “Red” (Crips and Bloods) num verso e no outro as cores passam a ser referenciadas mas devido ao facto das sirenes da policia. Fala também de associações constantes da policia associando-o a gangs assim como membros de outros gangs e que deste modo não se livra da violência.

8 – M.A.A.D City
Consciência da cidade em que vive rodeado de crime, violência e corrupção. Fala acerca de uma morte ao pé de um hambuergueria referindo que sabe quem foi o culpado da mesma (do seu tio Tony provavelmente) quando este tinha apenas 9 anos. Fala ainda do facto de ter sido despedido do trabalho dias antes do assalto que organizara depois do seu pai lhe pedir por varias ocasioes para este arranjar um emprego. Há também referências ao motivo de ele não fumar e espera que as gerações mais jovens não tenham que lidar com esta violência que envolve a cidade nem mesmo com as pressões dos gangs. Diz ainda que espera que a sua inteligência e experiencia o ajudem para este conseguir lidar bem com este tipo de situações.
No Skit desta música Kendrick encontra-se a beber com os amigos depois de ter ido ter com Sherane, é uma preparação para a música seguinte.

9 – Swimming Pools (Drank)
Fala sobre Kendrick ter crescido a volta de pessoas que bebem, tanto com os amigos ou com a familia em casa, beber é um hábito.
O skit é uma conversa em que o grupo de Kendrick se prepara para vingar as agressões a este tendo um plano. Encontram um dos sujeitos envolvidos na agressão e após uma troca de tiros com o gang rival um dos amigos de Kendrick morre nos seus braços (Dave) após ter sido alvejado.

10 – Sing About Me
3 versos de prespectivas diferentes.
1 verso – Do irmão do falecido Dave – Aponta um bocado a culpa do incidente a Kendrick mas percebe o facto de este ter estado sempre ao lado de Dave mesmo nos momentos mais dificeis.

2 verso – Da Keisha (Sim a mesma do Section.80) – Fala sobre esta viver a mesma vida que antigamente como prostituta e tem orgulho nisso. Entre outras coisas que refere o verso acaba por se tornar um bocado osbsucro até que deixamos de ouvir o verso (provavelmente esta morreu ou assim devido a vinganças entre gangs).
3 verso – Da prespectiva de Kendrick – É notório o medo de morrer de Kendrick no meio desta situação toda. Dave era como um irmão para ele. Fala como a música foi importante para para o tirar do meio das drogas ou armas e todo o tipo de má vida.
SKit – acontecimentos após a morte, o grupo fala do que aconteceu e do que pensam fazer.

10 – Im Dying Of Thirst
Kendrick farto deste tipo de acontecimentos quer sair de tudo isto.
Skit – ainda triste e devastado com este acontecimento uma mulher chega ao pé ao pé do grupo e após perceber que um dos membros tem uma arma fala com estes dizendo que se estão a matar aos poucos e que mudem de vida a partir daquele dia, obriga-os a rezar. Começa aqui a nova vida de Kendrick.

11 – Real
“Real” é o facto de seres real ao teu bairro e lutares por ele ou o de seguires a tua vida e lutares por ela sozinho fazendo-a a melhor possível?
3 versos independetes de novo: 1 – raparigas no geral; 2 – amigos; 3 – kendrick;
Skit – Voicemail do seu pai encorajando este para seguir a sua vida após estes acontecimentos. Fala ainda sobre a mãe lhe te rcontado que a label Top Dawg a contactou e quer Kendrick em estúdio. A mãe também lhe liga e diz-lhe que esta e a sua chance para poder contar a sua história as gerações futuras e actuais de Compton. Acaba nesta música a narrativa.

12 – Compton
Esta música coincide com a mudança de vida de Lamar e ter seguido para a Top Dawg. Dá assim um olhar positivo sobre a cidade de Compton apesar de tudo o que se passou e existe nela.
Skit – Kendrick pede a carrinha emprestada a mãe (inicio do álbum) por alguns minutos.

Esta é a minha interpretação do álbum e das 12 músicas que constituem a narrativa. (Existe uma versão Deluxe do álbum com mais temas que não são falados neste post pois não fazem parte da narrativa).

Escrito por João Moura em Rap Noticias PT-US

_________________
:: Hip Hop é Arte:: |::SoundClound::

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum