Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
mc´kaizer
Moderador
Moderador
Masculino
Número de Mensagens : 1642
Idade : 29
Localização : Mundo
Reputação : 14
Data de inscrição : 25/01/2009

Jay-Z – The Black Album ( Review )

em Ter Jan 29, 2013 1:01 am


Ao anunciar sua aposentadoria, o Rap já se preparava para ficar sem um de seus mestres. Jay-Z O rapper iria se aposentar, mas queria deixar um grande presente de despedida, e assim surgiu o The Black Album.

O disco que é de impressionante produção, foi surgindo peça por peça. Como uma escultura de Lego. Jay-Z chamou mega astros da produção como The Neptunes, Kanye West, Just Blaze, Timbaland, Rick Rubin, Eminem e DJ Quik. Com esses nomes, não poderíamos pensar que o disco viesse fraco. As promessas foram cumpridas, e o disco virou um clássico.

Tendo como singles Change Clothes, 99 Problems e Dirt Off Your Shoulder, o disco conseguiu manter uma boa audiência no mainstream. 99 Problems por exemplo, hoje é considerada um clássico. Rick usou seu estilo comum de produção, e fez uma faixa oitentista. Ele usou samples de grandes sons do Rap, como 99 Problems do Ice T, Touched do UGK e da clássica Children’s Story de Slick Rick.

Mas a grandiosidade do Black Album do Jigga não fica só nos singles. Uma calma December 4th abre o disco, com declarações da mãe de Jay-Z, ela fala sobre a vida do rapper antes a fama. Sua mãe conta histórias como a de que comprou para ele uma boombox para afastar ele das ruas – o que não deu muito certo, em termos. Encore e Dirt Off Your Shoulder mantém o disco em um ritmo ótimo, mas mesmo assim, podemos sentir o clima de ‘adeus’ no início. Change Clothes da o toque perfeito de ‘pop’ ao disco, lembrando que Jay-Z também deixaria saudades nos clubes. Public Service Announcement traz um show de produção de Just Blaze, e um show lírico do Hovito. Uma de suas músicas mais famosas, traz um festival de referências do jeito que o rapper gosta. “…You can blame Shawn, but I ain’t invent the game/I just rolled the dice, trying to get some change…”.

Lucifer traz um tema macabro e mais sombrio ao disco. Com uma batida insana de Kanye West, Hovito rima sobre assuntos que até hoje causam debates no meio do Rap. O sample da música é o de Chase the Devil, música de Max Romeo. Incrível. Após essa, o disco acalma em uma música que fala do tempo em que Jigga vendia drogas e etc. Allure – a música favorita de Jay-Z -, tem uma vibe boa. A produção d’Os Neptunes traz essa vibe. A beat é calma, e Jigga rima num flow contagiante. O disco fecha com My 1st Song, onde Jay explica a razão por trás do sucesso dele. A faixa começa com um sample de uma entrevista de Biggie.

The Black Album é um disco fenomenal. Daqueles que a gente ouve, duas, três vezes seguidas, e não cansa. Ele tem como ponto alto a produção, já que Jay chamou a nata da produção no Rap. O lírico, é perfeito. Ele não decepcionou no que seria seu último disco, talvez seja por isso que o disco é tão bom.

Por : Joe ( Raplogia )


_________________
:: Hip Hop é Arte:: |::SoundClound::

avatar
ThedbR
*Admnistrador*
*Admnistrador*
Masculino
Número de Mensagens : 1178
Idade : 30
Localização : Mundo
Ocupação : Estudante | Produtor | MC
Crew : BRADAHooD
Reputação : 30
Data de inscrição : 01/03/2008
http://www.movimentofantasma.com

Re: Jay-Z – The Black Album ( Review )

em Qua Jan 30, 2013 3:38 pm
Muito bom post Kaizer. Dos lançamentos do Jay, esse: Blueprint e Reasonable Doubt tão na lista dos altos do Jay.

_________________
[Movimento Fantasma | dbR | Lance Libra | MalouKoMental | Diba | BRADAHooD | TaNaHouse Records | Andar de Cima | ADJ200&4eVeR]
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum